Contagem regressiva...

sábado, 23 de outubro de 2010

There are places I remember all my life...


Oi...

Meninas voltei e quero agradecer a todos os comentários, é otimo receber apoio...

Eu estive pensando muito sobre tudo...


Eu estou abrindo mão de muitas coisa por causa do programa, mas acredito que isso não é uma coisa ruim, muito pelo contrário, estou cada dia mais aprendendo o significado da palavra "determinação".


Relacionamentos


Há mais ou menos um ano e meio estou sozinha, ou seja, não namoro sério, namorei 3 anos e o namoro acabou, comecei outro namoro que durou 3 meses (queria esquecer o meu primeiro namorado), já imaginam que não deu certo ne? rs.


As vezes percebo que nos meses sozinha curti muito, principalmente minha família, meus amigos, tenho pessoas valiosas na minha vida, e cheguei a pensar que não caberia um namorado nos meus planos, ou seja, abri mão de um namorado por conta do programa, sei que não é fácil começar um namoro e viajar. Muitas meninas viajam namorando, mas é diferente, já namoravam há tempos e a decisão da viajem veio depois, acho que namorar alguém só deixariam as coisas mais confusas...


Nunca pensei que chegaria um dia na minha vida que iria fugir de relacionamentos...rs.


Planos


Outro ponto importante é que não posso me comprometer com nada a longo prazo no Brasil, porque não sei até quando estarei por aqui, não posso começar um curso, comprar algo de maior valor, pois como pagaria um parcelamento? Eu acabei vendendo minha moto para não viajar com pendência aqui no Brasil, além de também quase morrer numa pequena ida ao trabalho ne? rs.


Trabalho


Já conversei com meu chefe, e ele sabe de tudo sobre o programa, ele é muito legal e concorda que isso faz parte para o meu crescimento profissional. Eu sou uma pessoa muito transparente, não consigo esconder a verdade das pessoas, e acho que o ideal é realmente contar tudo no trabalho, porque quando chegar o dia de se despedir ninguém ficará magoado, afinal se você esta na empresa é porque pessoas precisam de você, e com certeza se você sair de um dia pro outro alguém se prejudicará e eu não quero isso, afinal estou há quase 4 anos na empresa que me proporcionou conquistas profissionais, além de um crescimento interno absoluto.


Família


Família é outro ponto que me preocupa, já falei sobre isso em outro post, eu me dou muito bem com meu pai, ele é meu heroi, somos muito parecidos em algumas coisas, e minha mãe também, nos brigamos as vezes, mas acho que isso acontece porque somos também muito parecidas, e o que ocorre é que minha mãe achou um emprego em uma cidade longe de onde eu moro hoje, e meu irmão esta estudando na cidade visinha onde eles moram, meu pai fica um pouco com a minha mãe, e um pouco aqui comigo, o que me deixa bem triste também, afinal ele acaba ficando alguns dias longe da minha mãe e do meu irmão pra não me deixar sozinha, e eu me sinto um pouco culpada. Quando eu for para o programa de au pair, tenho certeza que essa culpa vai sanar, mas e a saudade? Eu tenho certeza que vou morrer de saudade dos meus pais, do meu irmão, da minha avó linda... e a preocupação com cada um deles. Hoje estou acostumada a ficar dias sem vê-los, mas um ano?


Por hora...


É gente, todo mundo diz que quando as au pairs voltam pro Brasil, estão mais maduras, determinadas, mas acho que essas mudanças começam acontecer quando você passar a pensar no programa, e principalmente em todas as fases dele, abrir mão de tudo para um sonho, o sonho de conhecer uma nova cultura, uma nova lingua e principalmente de uma nova Evelin, que virá para curtir um Brasil com novos olhos, e com certeza dar muito mais valor a vida.
Que Deus abeçõe a todas as futuras e atuais au pairs, afinal não é fácil... Ele sempre esta ao meu lado, e tenho certeza que me dá força todos os dias da minha vida.


Obrigada pela companhia de vocês, adoro abrir o blog e ver que vocês comentaram, e eu adoro acompanhar o blog de todas vocês também.


Beijos...

7 comentários:

  1. Oii Evelin, tudo bem?!!
    :D Bom saber q vc ta me seguindo! fico feliz!!! :D
    Bom, uma familia me adicionou, mas só notificou... Eu mandei email, mas eles nao me responderam nem nd...por isso nem postei no blog... :( continuo esperando.. tenho fé q td vai dar certo! :D
    Bom final de semana pra vc! Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito do q vc escreveu no post...inclusive concordo com vc em mts pontos...me adiciona no skype.. o meu é maisa.torquato

    um abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Evelin!
    Primeiro que nós somos praticamente vizinhas! hehehe...
    Segundo que todas as suas preocupações aí de cima são super naturais. Infelizmente não temos como levar algumas pessoas na nossa mala (o que já aliviaria um pouco a dor).
    Mas eu concordo com vc! Acredito que a partir do momento que começamos a pensar no programa, já ficamos mais madudas, encarando fatos de forma diferente.
    Mas.. é preciso viver e encarar a realidade.
    Outra coisa é obrigada por ter passado no meu blog. Gostei da visita e do apoio!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. AU PAIR = Preocupação e stress, normal relaxa rsrs. Como a amiga aí de cima Su disse, não podemos levar quem amamos juntos e a vida é feita de escolhas... mas com certeza o amadurecimento muda nossa vida!
    Bjussss

    ResponderExcluir
  5. Oi Evelin...

    Pois é, quantas coisas para nos preocuparmos né?
    Por isso que às vezes a decisão de ser au pair nos assusta muito né..rs
    Mas temos que enfrentar tudo isso, temos q fazer valer a pena...

    Sobre o gap, é gratuito sim..
    Tem a opção para pagar, mas normalmente ninguém paga..rs

    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Ooi flor... eh assim mesmo... ;) Tamo juntas nessa... eu jah to fugindo de homem desde q decidi entrar nesse mundo aupairiano.. kkk e faz mais de 1 ano fia!!Então... sei lah, cada um cada um... eu to prefirindo fugir de homem aki xD heuheuheue bjoo e se cuide!

    ResponderExcluir
  7. Quando a gnt esta no Brasil se preparando pra vir, as coisas parecem muito maiores do que elas sao.
    Parece que a gnt nao vai conseguir sobreviver sem as pessoas que a gnt ama mas quando vc chega aqui, eh tudo muito novo, vc quer ver tudo, explorar tudo que vc nao tem nem tempo pra pensar nesse tipo de coisa. Demorou uns 3 meses pra eu sentir falta de tudo e todos.
    Acho que foi quando caiu a ficha rs

    Mas com o tempo vc cria uma rotina, uma vida aqui. faz amigos, comeca a ter os lugares preferidos pra ir..agora eu penso como eh que eu vou viver no brasil de novo sem as coisas que eu to acostumada aqui??
    Esse mundo de au pair eh louco!

    Uma coisa eu tenho certeza, familia eh tudo. Mesmo longe, quando eu converso com meus pais, eu sinto q eles estao comigo e que posso contar com eles. Isso fortalece muito o relacionamento entre a gnt com eles. Parece que eles passam a acreditar mais na gnt, ver como a gnt cresceu, mudou a cabeca..deixa eles super orgulhosos!
    Familia eh essencial.


    Esse mundo de Au Pair nao eh facil! rs eh LOUCO!
    O jeito e desencanar e aproveitar pq a vida passa muito rapido!

    BEijos

    ResponderExcluir