Contagem regressiva...

sábado, 25 de dezembro de 2010

Feliz Natal!

Oi...

Quero desejar um Feliz Natal a todas e um 2011 cheio de alegrias...

Que cheguem o dia dos matchs, vistos concedidos, e pras meninas que estão em terras estrangeiras que me esperem que logo estarei aí.

Uma música que amo pra compartilhar com vocês.

"Filho do Céu" - Pe. Fábio de Melo
Filho do céu, filho do céu
Teu amor me faz vencer
Teu amor me faz dizer
Sou filho do céu
Revestido de tua glória
Consagrado a Ti, Senhor
Território santo eu sei que sou
Viverei pra proclamar, do céu eu sou

Obrigada por tudo durante esse ano meninas, aprendi muito com vocês, e quero poder compartilhar ainda mais em 2011.

Beijos...

domingo, 19 de dezembro de 2010

Viver e não ter a vergonha de ser feliz...

Oi...
Desculpem meninas, pelo ultimo post, eu estava mesmo desanimada, mas agora estou mais confiante do que nunca.
Hoje gravei meu vídeo, ficou legal, depois disponibilizo pra vocês.
Quero agradecer as mensagens positivas e dizer que é o motivo para continuar a postar.

Acidente:
Meninas, eu sou muito atrapalhada, ontem eu cai no banheiro depois do banho e cortei o braço, mas o corte foi muito fundo, e tive que ir ao hospital.
O mais estranho é que eu percebi que sou mais forte do que pensava, EU NÃO CHOREI, rs. O corte estava muito feio, levei 5 pontos, mas estou pronta pra outra.
Minha sorte foi estar na casa dos meus pais, assim tinha como me socorrerem... acho que se estivesse sozinha em casa aí sim ia ficar meio desesperada.

Meninas, eu volto e espero ter boas notícias.

Beijos...

sábado, 11 de dezembro de 2010

Meu mundo caiu...

Oi...
Gente não aguento mais, estou desanimada, desde agosto online e nada de match.
Tive várias notificações de families, duas me ligaram, uma eu contei aqui o que rolou, queria mais que uma au pair, não gostei, a outra que eu tinha amado, queria uma au pair fluente.
Entrei em contato com minha orientadora e ela disse que meu app esta legal, a única coisa que eu precisaria melhorar era o vídeo.
Eu fiz uma apresentação com fotos e música, mas nada de eu falar, e ela disse que eu poderia gravar eu falando, mostrar meu inglês, pronuncia. Fiz esse vídeo hoje, eu exijo muito de mim mesma, e tentei fazer da melhor forma possível, antes de colocar no site da Cultural Care mandei pra minha orientadora ver, se ela curtir eu disponibilizo.
Ai meninas, desculpem o sumisso, mas eu ando muito pra baixo.
Obrigada pelas novas seguidoras e já estou acompanhando o blog de vocês.

sábado, 20 de novembro de 2010

Epopéia...

Oi...

Bom, até o momento eu usei o blog para informar o que estava ocorrendo na minha busca por família.


Mas quero contribuir com as futuras au pairs mostrando tudo o que eu já fiz até ficar online.


Eu sempre pesquisei sobre programas de intercâmbio, e au pair no momento é o mais viável, custo x benefício.


Passos:


1º: Escolha da Agência

Eu fui em duas agências, ambas de confiança, mas minha vizinha já havia embarcado e estava adorando o programa, ou seja, super confiável (Cultural Care).

Acredito que a escolha da agência é muito importante, afinal ela te dará todo o suporte pré e pós embarque. Valores tanto do programa e salário de au pair não mudam muito, o que eu sinto que muda é a questão de como você vai pagar.



2º: Passaporte

Acesse o site: http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/requerer-passaporte, e lá você irá preencher os dados solicitados e gerar a GRU (guia para recolhimento), após isso é necessário agendar a data para ir a Receita Federal.

Como eu moro no ABC, eu fui no Shopping ABC, tem um posto da Receita Federal, o único problema é que você precisa acessar todos os dias para conseguir agendar a data, mas é muito simples. Após agendada, compareça no dia com alguns minutos de antecedência, tira digitais e foto, e após uns dias já pode ir buscar.



3º: Atestado de Antecedentes Criminais

É o mais fácil, basta acessar o site: http://www.ssp.sp.gov.br/servicos/atestado.aspx, informar seu dados e sai na hora.



4º: Atestado Médico e Vacinas

Pra quem ainda não tomou todas as vacinas (como eu), peguei minha carterinha e fui a um posto de saúde e tomei, super simples. Já o atestado médico eu fui em um médico particular e paguei pela consulta, o médico que eu me consultei foi super atencioso e me examinou certinho de acordo com o que estava constando na ficha da agência, preencheu tudo em inglês.



5º: PID

A maioria das meninas tiram o PID depois do Match, mas eu sou desesperada e gosto de deixar tudo certinho o quanto antes.

Acesse o site: http://www.detran.sp.gov.br/, clique no link PID, preencha o requerimento padrão e imprima, na minha cidade eu tive que autenticar duas cópias do requerimento, em seguida fui no Banco do Brasil, paguei a taxa (pelo que eu pesquisei cada estado tem um valor diferente, o de São Paulo na minha opinião é bem carinho viu, mas é necessário, e nem todos os estados americanos aceitam a PID, ou seja, você precisa tirar, mas não tem certeza que vai usar), depois de ter pago a taxa fui no Ciretran com cópia da minha CNH + Comprovante de Recolhimento da Taxa + Requerimento Autenticado. Depois de duas semanas retirei.



6º: Referências

Essa parte não depende muito de nós, temos que correr atrás de pessoas que possam comprovar que trabalhamos com crianças.

No meu caso a minha primeira chefe, é tia de uma amiga minha, ela foi muito atenciosa, e preencheu bonitinho, o marido dela muito atencioso também, conversamos muito, adorei poder reencontrá-la depois de tantos anos, foi meu primeiro emprego e eu adorava.

Já no meu segundo chefe, foi um pouco complicado, ele queria me dar um atestado comprovando que trabalhei como professora, mas não assinar o documento da agência, aí tive que ler com ele, explicar, no fim deu tudo certo.

Acho que a parte da referência é muito importante, afinal ela que te indicará para melhor family, sejam honestas a preencher a referência, porque quando vocês estiverem lá, haverá situações que vocês vão ter que agir, se disser que sabe trocar fraldas, não terá como dizer que não, é a vida de crianças que estarão sobre nossa responsabilidade.



7º: Application

Na CC o application é online, então é bem mais fácil, acredito que todas as agências também sejam, seja honesta em todos os quesitos, afinal chegando lá, a family tem que saber o máximo sobre você, um ano vivendo com uma family mostrará realmente quem você é, então vamos começar mostrando pelo application.

Tem um monte de perguntas, nós respondemos, apagamos, respondemos de novo, e assim vai, faça com o coração, pois o application é nosso cartão de visitas para as host families.



8º: Carta para Host Family

Na carta tente expor algo que ainda não foi dito nas outras questões no application, principalmente seu estilo de vida, sua convivência com a família.



9º: Fotos

Na CC eu somente coloquei as fotos e tem a opção para colocar a legenda, acho muito legal agências que deixam colocar as fotocolagens, acho que é uma oportunidade pra mostrar o lado criativo.

No meu caso eu coloquei foto da minha família, dos meus priminhos, de quando eu trabalhei como professora, dos meus amigos e dos meus pets.

Evitem colocar fotos com decote, em baladas que tenha bebida próximo, esse tipo de coisa, afinal não tem nada haver com o mundo au pair.



10º: Contato

Bom, quando eu estiver lá não quero me isolar do mundo, eu vou estar longe de todo mundo que eu amo, então vamos procurar pessoas que possam ser amigas, estar perto, somos seres humanos e precisamos nos relacionar.

Para isso criei o blog, já acompanhava há um tempo, mas não interagia, assim que abri o blog passei a trocar informações com outras futuras au pairs como eu, e ver meninas que já estão lá, que passaram tudo que você já passou dá uma gás pra nós não desistirmos.

Eu quero muito no meu ano de au pair ter a oportunidade de conhecer meninas do blog pessoalmente.

Uma outra dica é nos dias de treinamento ter caderninho e caneta na mão para pegar e-mail, e endereço das meninas, assim seu mundo au pair vai crescendo e você sempre terá alguém pra compartilhar experiências.



Bom eu sei que eu escrevi demais, mas acho importante compartilhar cada momento.



Fiquem com Deus...



Beijos...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Caminhando contra o vento...

Oi meninas, voltei...

Bom há quase 15 dias outra family, sim... mais uma.

Para as meninas que não são da CC, eu vou explicar como funciona: Nós au pairs da Cultural Care ficamos online, e as famílias quando acessam nossa perfil recebemos um e-mail comunicando, não temos muitas informações sobre as famílias, mas acredito que dependendo do nível de interesse da family pela au pair, nós começamos a ter acesso a e-mail, telefone e fotos da family. Se há family com nosso perfil, as outras não tem mais acesso, ficamos exclusivas a uma só família.

Existe o lado positivo e negativo:

Positivo: Quando a family entra em contato, sabemos exatamente quantas crianças, e de onde a family é, não tem como confundir, afinal só uma pode estar com meu perfil.

Negativo: A família as vezes fica dias com o app e não entra em contato.

O prazo máximo que uma family pode ficar com o nosso app são 2 semanas, caso a family não entra em contato a CC disponibiliza o perfil novamente.

Essa família era totalmente atípica, pai solteiro com dois filhos adolescentes, um boy de 16 e uma girl de 13, e não tinha informação sobre host mom. Eu pude ver todos os dados da family, inclusive fotos e o endereço, e eu curti o perfil da family.

Depois de uns dias sem nenhum contato, mandei um e-mail pro host dad e não tive resposta. Mais alguns dias e nada, depois de uma semana eu mandei um e-mail pra CC, eles entraram em contato com o host dad, ele disse que gosto muito do meu perfil, mas precisava do aval da ex mulher. As meninas da CC perguntaram se eu ainda queria ficar com a family no perfil, eu disse que sim, afinal eu também tinha gostado do perfil. Mandei outro e-mail, aí no dia seguinte nada de family.

As meninas da CC, foram super atenciosas comigo, não tenho queixas sobre o atendimento da Cultural Care.

Bom estou novamente na area em busca da minha family.

Essa vida de espera não é fácil, mas eu tenho certeza que tudo acontece no momento certo.

Beijos...

sábado, 30 de outubro de 2010

Por onde andei...

Oi...
Meninas, tenho noticias, não das melhores, mas tenho...
Semana passada fui viajar a trabalho, abri meu e-mail e vi que tinha uma family no meu perfil, family legal, duas meninas, gostei.
No dia seguinte liguei pro meu pai e ele disse que estavam ligando pra mim do programa e que ele não tava entendendo nada porque tavam falando só em inglês. Abri de novo meu e-mail e tava lá um e-mail da host, respondi e coloquei crédito no celular, afinal eu tava do outro lado do país e a gente paga taxa pra receber ligação. No dia que tava voltando a host me ligou, conversamos e a caiu a chamada, meus créditos tinham acabado.
Tudo bem, cheguei em casa depois de 6 horas de viajem entre avião, onibus e taxi e abri meu e-mail, respondi o e-mail da host e combinados dela me ligar no final de semana.
Fiquei o final de semana inteiro em casa e nada de ligação.
Na segunda a host me mandou um e-mail pedindo desculpas, eu respondi, além de responder algumas coisas que ela havia me perguntado. Trocamos vários e-mails, a family era muito legal.
A tarde entro no perfil da CC e cade a family?
Ai meu Deus, quase chorei de raiva, eu super preocupada em chegar logo em casa, ficando em casa todo o final de semana, e ela sai do meu perfil.
No outro dia ela mandou um e-mail agradecendo e dizendo que gostou muito de mim, mas prefere uma au pair fluente, porque quer que ajude a child mais velha nas homework, e sabe que meu intuíto é ficar fluente.
Eu fiquei feliz porque geralmente as families nem dão satisfação.
Mas enfim que venha a próxima family.
Beijos...

sábado, 23 de outubro de 2010

There are places I remember all my life...


Oi...

Meninas voltei e quero agradecer a todos os comentários, é otimo receber apoio...

Eu estive pensando muito sobre tudo...


Eu estou abrindo mão de muitas coisa por causa do programa, mas acredito que isso não é uma coisa ruim, muito pelo contrário, estou cada dia mais aprendendo o significado da palavra "determinação".


Relacionamentos


Há mais ou menos um ano e meio estou sozinha, ou seja, não namoro sério, namorei 3 anos e o namoro acabou, comecei outro namoro que durou 3 meses (queria esquecer o meu primeiro namorado), já imaginam que não deu certo ne? rs.


As vezes percebo que nos meses sozinha curti muito, principalmente minha família, meus amigos, tenho pessoas valiosas na minha vida, e cheguei a pensar que não caberia um namorado nos meus planos, ou seja, abri mão de um namorado por conta do programa, sei que não é fácil começar um namoro e viajar. Muitas meninas viajam namorando, mas é diferente, já namoravam há tempos e a decisão da viajem veio depois, acho que namorar alguém só deixariam as coisas mais confusas...


Nunca pensei que chegaria um dia na minha vida que iria fugir de relacionamentos...rs.


Planos


Outro ponto importante é que não posso me comprometer com nada a longo prazo no Brasil, porque não sei até quando estarei por aqui, não posso começar um curso, comprar algo de maior valor, pois como pagaria um parcelamento? Eu acabei vendendo minha moto para não viajar com pendência aqui no Brasil, além de também quase morrer numa pequena ida ao trabalho ne? rs.


Trabalho


Já conversei com meu chefe, e ele sabe de tudo sobre o programa, ele é muito legal e concorda que isso faz parte para o meu crescimento profissional. Eu sou uma pessoa muito transparente, não consigo esconder a verdade das pessoas, e acho que o ideal é realmente contar tudo no trabalho, porque quando chegar o dia de se despedir ninguém ficará magoado, afinal se você esta na empresa é porque pessoas precisam de você, e com certeza se você sair de um dia pro outro alguém se prejudicará e eu não quero isso, afinal estou há quase 4 anos na empresa que me proporcionou conquistas profissionais, além de um crescimento interno absoluto.


Família


Família é outro ponto que me preocupa, já falei sobre isso em outro post, eu me dou muito bem com meu pai, ele é meu heroi, somos muito parecidos em algumas coisas, e minha mãe também, nos brigamos as vezes, mas acho que isso acontece porque somos também muito parecidas, e o que ocorre é que minha mãe achou um emprego em uma cidade longe de onde eu moro hoje, e meu irmão esta estudando na cidade visinha onde eles moram, meu pai fica um pouco com a minha mãe, e um pouco aqui comigo, o que me deixa bem triste também, afinal ele acaba ficando alguns dias longe da minha mãe e do meu irmão pra não me deixar sozinha, e eu me sinto um pouco culpada. Quando eu for para o programa de au pair, tenho certeza que essa culpa vai sanar, mas e a saudade? Eu tenho certeza que vou morrer de saudade dos meus pais, do meu irmão, da minha avó linda... e a preocupação com cada um deles. Hoje estou acostumada a ficar dias sem vê-los, mas um ano?


Por hora...


É gente, todo mundo diz que quando as au pairs voltam pro Brasil, estão mais maduras, determinadas, mas acho que essas mudanças começam acontecer quando você passar a pensar no programa, e principalmente em todas as fases dele, abrir mão de tudo para um sonho, o sonho de conhecer uma nova cultura, uma nova lingua e principalmente de uma nova Evelin, que virá para curtir um Brasil com novos olhos, e com certeza dar muito mais valor a vida.
Que Deus abeçõe a todas as futuras e atuais au pairs, afinal não é fácil... Ele sempre esta ao meu lado, e tenho certeza que me dá força todos os dias da minha vida.


Obrigada pela companhia de vocês, adoro abrir o blog e ver que vocês comentaram, e eu adoro acompanhar o blog de todas vocês também.


Beijos...

sábado, 16 de outubro de 2010

Confiando...

Oi...

Meninas to triste...rs.

É sério, there is not family in my profile, de novo...

Eu to muito chateada sabe, muito mesmo...

Essa semana eu fui buscar minha PID, a unica coisa ruim é o valor da PID, muito caro, mas é bem simples, acesse o site do ciretran e lá encontrará o link, tire duas cópias do formulário, vá até o banco Nossa Caixa, (na minha cidade eu fui no Banco do Brasil, mas deu tudo certo), entreguei o formulário preenchido que peguei no site do ciretran + comprovante de pagamento da taxa + copia da minha carta, após duas semanas retirei.

Depois que fiz fiquei preocupada porque se tivesse validade de apenas 1 ano não seria util no final do meu ano de au pair, mas a validade vai até a validade da minha CNH.

Ai meninas to muito desanimada viu...

Já fiz até listinha do que vou levar na mala, em outro post eu coloco pra vocês verem se esqueci de algo.

Acredito que não embarco esse ano, mas...

Estou online desde agosto, será que realmente é motivo pra tristeza?

Sorry girls, mas eu precisava expor meus sentimentos...

Eu confio em Deus e eu tenho certeza que vai dar tudo certo.

Tem uma música que eu amo: "Você vai ver, vai dar tudo certo, pois Jesus esta sempre por perto, tempestade já vai embora e a bonança virá sem demora"...

Beijos...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Meu Sonho que poderia virar um pesadelo...

Meninas, sério... as duas últimas semana foram um sonho e pesadelo pra mim...

Uma família de Boston estava com meu perfil, e a host mom me ligou duas vezes, não eram kids efetivamente e sim teens, uma girl de 14 e um boy de 11.

A mom muito simpática, disse que queria uma pessoa com pratica em direção...

Opa eu amo dirigir, dirijo todos os dias, viajo sozinha, e nas férias e feriados levo meus priminhos comigo, não tem preocupação nenhuma com o fato de dirigir...

Match perfeito?

Não... a Mom me disse que como as kids dela são grandes ela precisaria de uma pessoa que ajudasse na organização da casa, e mais uma vez estava perfeito pra mim...

Meninas eu sempre ajudei minha mãe com os afazeres domésticos, e hoje em dia meus pais vivem em Itanhaem, ou seja, eu me viro muito bem sozinha...

Mas, acreditem ou não ela queria porque queria uma pessoa que ficasse responsável mais pela limpeza da casa, ela não tinha empregada, e uma pessoa vinha a cada 15 dias, e eu perguntei se era light housekeeping, e ela desconversava, ou seja, eu ia ser a empregada? Pera ai... eu questionei exatamente o que ela queria e ela ficou brava comigo...

Ela enfatizou também que não quer uma au pair baladeira, porque em Boston é perigoso, e eu não sou baladeira, era mais um ponto positivo a meu favor, aqui no Brasil eu saio as vezes com amigos, mas minha vontade nos EUA é economizar e viajar, vocês perceberam no post anterior que já tenho vários lugares pra conhecer ne? E balada além de eu não gostar eu posso ir no Brasil mesmo...rs. Segundo ela quanto a viajens não teria problema.

Conversei com meus pais e eles disseram que realmente era a família ideal, porque meu hobby é organizar, e eu sou super simples, não me importo em limpar, e ainda levar as kids pra cima e pra baixo de carro era ótimo...

A mom ligou de novo e disse que queria que eu fosse feliz na casa dela, e eu disse que seria e ajudaria sim em tudo que fosse preciso, mas aí ela tocou novamente no quesito limpeza, e eu concordei, e ela perguntou novamente se eu estaria feliz com eles, eu disse que sim, já que não seria a empregada e sim au pair (eu me escrevi pra ser au pair right?), ela me mandou um mega e-mail, e uma parte dizia uma coisa meio grosseira, fiquei pasma ne? Eu já tinha concordado ajudar ela nos afazeres domésticos, e ainda ia preparar o jantar, arrumar a cozinha antes de ficar off. Coloquei tudo na mão de Deus, Ele sabe de tudo, e que se fosse mesmo pra ser bom pra mim daria certo...

Essa family não saia do meu perfil, todo dias acompanho e ela tava lá indecisa, mas graças a Deus saiu... acho que eu sou uma pessoa simples, sei fazer desde comida até lavar roupa, e nos EUA é bem mais simples essas atividades, eu tenho certeza que não teria problema em limpar, mesmo porque sou extremamente organizada, não consigo ver as coisas fora do lugar, mas o que será que essa family queria exatamente? A Maid?

Sorry, I want to be an au pair...rs.

Eu sei que vou trocar fraldas, limpar, cozinhar, eu faço tudo isso, mas vamos falar a real, nada de surpresa ne?

E que venha a próxima family...

Beijos...


domingo, 26 de setembro de 2010

Lista...

Oi...

Meninas, fiz uma listinha que locais que eu quero conhecer, é seu sei que ainda não tenho match, mas já sei que eu vou e com certeza quero conhecer os EUA inteiro (não tudo né rs, mas grande parte)...
Primeira Parada: Tennessee, Memphis, casa do Elvis Presley...rs.
Eu sei que não é um ponto turístico visado por au pairs, mas desde pequena aprendi a gostar das músicas do Elvis, minha mãe é fã, e eu também né? Podem pesquisar na net, a casinha dele é linda...rs. Além de ser um museu em homenagem ao dono...rs.

Segunda Parada: Walt Disney World, quero muito conhecer... todos os parques... quem sabe? Mas o Sea World principalmente...rs.

Terceira Parada: Niagra Falls.

Quarta Parada: Las Vegas... clássico.

Quinta Parada: Washington DC.

Sexta Parada: California e todos seus pontos turísticos, porque lá tem muito lugar pra conhecer né? Dentre eles Los Angeles, praias e Universal Studios, cidade de São Franscisco com direito a Golden Gate e principalmente Hollywood...rs.

Sétima Parada: New York... posso ir no museu de cera em NYC.

Oitava Parada: Filadelfia...

Nona Parada: Grand Canyon...

Décima Parada: Hawai... eu sei que vou ter que economizar, e vou...

Gente eu sei que esta fora de ordem e que esse roteiro esta meio bagunçado, mas são os pontos principais...

Quero mandar um beijão pra Ju Monteiro, Luana, Josi e Bibi...

Beijos...




sábado, 18 de setembro de 2010

O importante é que emoções eu vivi...

Ola...
Como já diria o Roberto Carlos "O importante é que emoções eu vivi", é isso mesmo... estou em uma fase nova, a família acabou fechando com outra au pair, e eu? Não estou me importando muito... porque?
Essa semana algumas coisas aconteceram, dia 11 minha formatura, gente maravilhosa... adorei, e fiz questão que as pessoas que eu mais amo estivessem presentes, é claro que faltou muita gente, mas valeu... e dia 15 eu completei 23 aninhos...rs.
Infelizmente passei longe dos meus pais, a empresa onde trabalho me mandou pro Paraná... passei meu aniversário longe de tudo e de todos...rs, mas um colega do trabalho estava lá e fiz grandes amigos por lá, então valeu a pena...
Particularmente não estou preocupada em match tão rápido, acredito que o melhor é encontrar a família certa pra não sofrer no futuro e eu tenho muita fé em Deus e sei que vai dar tudo certo.
Estou postando pra não abandonar o blog... e continuo acompanhando o blog de vocês...
Beijos...

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Dúvida

Oi Meninas... tudo bem com voces?
Primeiro eu quero mandar um grande beijo a minha amiga Vanusa que esta em NJ, estou morrendo de saudades de você Van e fiquei muito feliz quando vi que você viu meu blog.
Quero abrir uma questão que me preocupa, e nada mais justo que perguntar pra minhas amigas au pairs:
Host Mom que não trabalha atrapalha na convivência au pair com as crianças?
Geralmente quando a criança esta sozinha com um adulto que não são os pais, ela respeita mais, fica mais avontade. E já presenciei várias vezes que quando os pais estão próximos a babá não tem tanta autoridade, e a criança não respeita tanto.
O que vocês acham?
Ouvi falar que Mom que fica em casa geralmente não é legal, há alguma au pair que vocês conhecem que passa ou passou por isso?
Isso me preocupa, mesmo porque estou com a notificação de uma família muito fofa, mas a mãe fica em casa, não quero abrir mão por algo que seja mito. Caso vocês conheçam, ou até mesmo sejam au pairs de mãe que não trabalha fora me contem como é a convivência e a reação das criança...
Adoro ler os blogs de vocês girls, aprendo muitoooooooooooooooooo.

Beijos...

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Coração...

As vezes me pego pensando... e aí... estou online, se de repente chegar uma família e em menos de 2 meses eu ter que ir?

No momento me dá uma felicidade enorme, imagino tudo como será, mas de repente bate a saudade. Eu ainda não fui, mas já estou morrendo de saudade do meu pai, da minha mãe, do meu irmão, vovó, amigos, primos e dos meus pets.

Eu sou uma pessoa que ama a família, apesar de não vê-los todos os dias, pois não moramos juntos, eu sinto muita a falta de todos.

Eu sem meu pai não sou ninguém, ele é meu braço direito, pergunto tudo pra ele, e graças a Deus ele esta me apoiando quanto ao meu plano au pair.

Fico imaginando, as vezes fico 15 dias sem ver meus pets e já fico doida de saudade, vontade de abraçar a Morgana e a Malu, imagina 1 ano... mas como sempre digo: _A vida é feita de escolhas... e eu fiz a minha, quero ser au pair... rs.

E tem mais vou ter que deixar o Astoufo que mora comigo com os meus pais... rs. Explico: quando meus pais se mudaram levaram minhas cachorrinhas, e eu tava muito sozinha, mas como não tenho tempo pra cuidar de pets, pois eles precisam de atenção eu comprei um peixe, o Astoufo...rs.

Todo dia dou comida, uma vez por semana lavo a casinha dele, coloco ele no sol... e eu tenho certeza que ele me conhece, sempre fica feliz quando vê eu pegando a comidinha (eu não sou maluca, rs).

Será que ele vai estar vivo quando eu voltar? Ele é um peixe beta, e esta comigo há uns 4 meses...

Bom, quero agradecer a todas vocês que estão acompanhando o blog e dizer que todo dia vejo o blog de vocês também, e estou torcendo pra que quem ainda não fechou com família que chegue o match, e que as meninas que acabaram de fechar tenham bastante calma até o dia do embarque...rs.

Beijos...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

There is not family in my profile...

Oi Meninas,
There is not family in my profile...
É verdade… but…
Sitting, Waiting , Wishing…
Perfeito não? Rs.
Além disso recebi um e-mail muito legal e quero compartilhar com vocês...

“Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe”.
Oscar Wilde


“Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação”.
Mário Quintana


“As coisas que queremos e parecem impossíveis só podem ser conseguidas com uma teimosia pacífica”.
Mahatma Gandhi


“Lamentar o passado é correr atrás do vento”.
Provérbio

“Deveríamos usar o passado como trampolim e não como sofá”.
Harold MacMillan

“Dinheiro perdido, nada perdido; Saúde perdida, muito perdido; Caráter perdido, tudo perdido”.
Provérbio


É isso mesmo meninas, não adianta eu me desesperar... enquanto isso curto minha vida, minha família, meu amigos...
E principalmente confiar em Deus, porque se ainda não surgiu a família é porque há uma certa.

Grande beijo... e obrigada a todas vocês pela companhia...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Felicidade...

Bom Dia!
Meninas, estou muito feliz, ainda não tenho match, mas estou online desde o início do mês e já é a quarta família que me notifica... estou ansciosa, nenhuma fez contato, mas só o fato de estarem com meu perfil já me deixa animada...
Quais criterios vocês avaliam para efetivamente escolherem a certa?
Não vejo a hora...
Beijos...
Ps: Obrigada Débora e Bianca por estarem me acompanhando...

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

NICE TO MEET YOU...

Ola...
Meu nome é Evelin... tenho 22 anos e estou no processo para ser au pair.
Aprendi muito lendo blog, e quero compartilhar minhas emoções com meninas que como eu buscam aperfeiçoar o inglês e aprender uma nova cultura.
Beijos...